Equipa Devino Telecom no Mobile World Congress

07.03.2019
A equipa Devino Telecom participou do Mobile World Congress e apresenta as principais tendências discutidas por quatro dias em oito grandes locais Fira Barcelona e Fira Montjuic.

O evento mais significativo do ano no mundo móvel - o Mobile World Congress acaba de terminar.

A MWC é uma exposição de escala internacional, que apresenta as melhores inovações do mundo no campo de tecnologias e soluções móveis. O evento acontece na capital da Catalunha desde 2006.

O primeiro congresso mundial móvel foi realizado em 1987 sob o nome "Pan-European Digital Conference". Ao longo dos anos, o nome mudou várias vezes: em 2001, foi chamado de Congresso Mundial 3GSM e em 2005, o Congresso Mundial GSM. Em 2008, foi nomeado Mobile World Congress.

Este ano foi visitado por mais de 100.000 convidados. Os principais representantes do setor reúnem-se aqui - operadoras de telecomunicações, fabricantes de dispositivos móveis e fornecedores de vários serviços. Durante o evento, a alta gerência das principais empresas do mercado (Google, Microsoft, Nokia, Vodafone, LG. Samsung, Sony, ZTE, HTC, Wiko, BlackBerry, Intel, Ericsson, Panasonic, Panasonic, Epson, Cisco) realizam reuniões e seminários que discutem os tópicos atuais do setor de comunicações móveis, bem como as perspectivas para o desenvolvimento do setor e a tecnologia futura.

A equipa da Devino Telecom também participou deste grande evento, e aqui estão as principais tendências discutidas por quatro dias em oito grandes locais, Fira Barcelona e Fira Montjuic.

Antes de tudo, o nível de organização do congresso deve ser observado. Praticamente não havia filas na entrada e inscrições, e isso em 100.000 participantes. Após o registo, houve a oportunidade de percorrer sequencialmente todos os pavilhões e aderir ao futuro e às tendências mais relevantes.

Sem dúvida, existe uma liderança por trás da tecnologia 5G. As operadoras móveis colocam o 5G como a principal tecnologia do futuro próximo. Huawei, Xiaomi, LG, Samsung, ZTE, Alcatel, Sony e outros fabricantes mostram smartphones com suporte 5G e muitos casos de uso de redes de nova geração.

O 5G é uma tecnologia que não é tanto para usuários comuns de smartphones, mas sim para solucionar problemas de negócios: uma alta velocidade de conexão permite que seja usado em áreas onde o tempo de atraso e a precisão são críticos - por exemplo, para operações em medicina ou em plantas industriais complexas.

O operador da Vodafone e o governo da Catalunha disseram à MWC como eles usam o 5G para equipar ambulâncias na região: os trabalhadores recebem recomendações em tempo real para transportar e apoiar o paciente - isso os ajudará a escolher o trajeto com mais precisão tendo em consideração o estado das estradas e trânsito  de forma a chegarem ao local mais rapidamente.

A segunda tendência e obviamente não menos importante são as telas flexíveis.

A Huawei mostrou o smartphone Mate X, que se transforma em um tablet. Segundo o CEO, o Mate X suporta até 100 mil dobras. Poucos dias antes do show, a Samsung mostrou o Galaxy Fold e Royole: seu FlexPai já está disponível online.

E, claro, uma Internet mais  segura. As vulnerabilidades dos dispositivos móveis, IoT e 5G foram discutidas em seus stands, por exemplo, pelo fabricante de antivírus McAfee e Kaspersky Lab, em conjunto com o fabricante das próteses Motorika, que investigam em conjunto os problemas das próteses biônicas conectadas à rede, e o projeto israelense Nano Lock Security apresentou  a sua própria tecnologia para proteger os usuários na Internet.

Por seu turno, a equipa da Devino Telecom realizou mais de 30 reuniões durante os 2 dias do congresso, trocou contatos com agregadores que operam na Europa, fabricantes de chatbot e empresas colecionando grandes encontros sobre clientes e também conversou com o robô Sofia , que corajosamente respondeu a perguntas dos participantes do congresso.